Rihanna publica texto sobre o assassinato de George Floyd


Rihanna se posicionou na noite dessa sexta-feira (30), sobre o cruel assassinato de George Floyd - um dos assuntos mais falados dessa semana no mundo inteiro.

Confira:

Ver essa foto no Instagram

For the last few days, the magnitude of devastation, anger, sadness I’ve felt has been overwhelming to say the least! Watching my people get murdered and lynched day after day pushed me to a heavy place in my heart! To the point of staying away from socials, just to avoid hearing the blood curdling agony in George Floyd’s voice again, begging over and over for his life!!! The look of enticement, the pure joy and climax on the face of this bigot, murderer, thug, pig, bum, Derek Chauvin, haunts me!! I can’t shake this! I can’t get over an ambulance pulling up to an arrest, a paramedic checking a pulse without removing the very thing that’s hindering it! Is this that fucking normal??? If intentional MURDER is the fit consequence for “drugs” or “resisting arrest”....then what’s the fit consequence for MURDER???! #GeorgeFloyd #AhmaudArbery #BreonnaTaylor

Uma publicação compartilhada por badgalriri (@badgalriri) em


"Nos últimos dias, a magnitude da devastação, raiva e tristeza que senti foi esmagadora, para dizer o mínimo! Observar meu povo ser assassinado e linchado dia após dia me levou a um lugar pesado no meu coração! A ponto de ficar longe das redes sociais, apenas para evitar ouvir novamente a agonia de gelar o sangue na voz de George Floyd, implorando repetidamente por sua vida!!! O olhar de sedução, a pura alegria e o clímax no rosto desse fanático, assassino, bandido, porco e vagabundo Derek Chauvin me assombra! Eu não posso agitar isso! Não consigo esquecer uma ambulância que está parando, o paramédico verificando um pulso sem remover exatamente o que está atrapalhando! Isso é normal? Se ASSASSINATO intencional é a conseqüência adequada para "drogas" ou "resistir à prisão"... então qual é a conseqüência adequada para ASSASSINATO???", escreveu Rihanna na legenda.

Pra quem está por fora do assunto, a morte de George Floyd, um afro-americano de Minnesota, ocorreu no dia 25 de maio, quando Derek Chauvin, um policial de Minneapolis, ajoelhou-se no pescoço de Floyd por 8 minutos e 46 segundos, sendo quase 3 minutos após a morte do cidadão, de acordo com a denúncia criminal apresentada contra Chauvin. O incidente ocorreu em Powderhorn, um bairro ao sul do centro de Minneapolis, Minnesota, e foi gravado em smartphones de espectadores.

A prisão foi realizada depois que Floyd supostamente tentou usar uma nota de US$ 20 em uma lanchonete, que um funcionário identificou como falsificado. A polícia alegou que o afro-americano "resistiu fisicamente" depois de receber ordem para sair do veículo. As imagens de vigilância de um restaurante próximo, no entanto, não apóiam a alegação, com George sendo mostrado caindo duas vezes enquanto é escoltado pelos policiais. A gravação do vídeo pelos espectadores, mostrando o Floyd preso dizendo repetidamente "Não consigo respirar", foi amplamente divulgada nas plataformas de mídia social e transmitida pela mídia.

A informação mais recente das autoridades norte-americanas, é que o policial Derek Chauvin foi condenado por assassinato culposo - quando NÃO há a intenção de matar.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem