RIHANNA >> BIOGRAFIA


Robyn Rihanna Fenty ou simplesmente, Rihanna, nasceu no dia 20 de fevereiro de 1988, na cidade de Saint Michael, em Barbados. Sua infância na ilha caribenha de Barbados foi profundamente afetado pelo vício de seu pai com as drogas e um casamento conturbado entre seus pais, que terminou quando ela tinha apenas 14 anos. A garota tímida encontrou uma saída para todos os problemas: o canto. Através dos anos, especialmente durante os seus períodos pré-adolescentes e adolescentes, ela cantou para amigos e familiares apenas para fins de diversão. Rihanna ganhou um concurso de beleza local e cantou Hero de Mariah Carey, uma de suas cantoras favoritas, em um show de talentos da escola. Onde foi descoberta por produtores da Def Jam, em 2004.



MÚSICA

Em janeiro de 2005, Evan Rogers começou a comprar demos com quatro músicas de RiRi para várias gravadoras. Uma cópia da demo foi enviada para a Def Jam Recordings, onde Jay Brown, um A&R executivo, ouviu-o e enviou-o para o então presidente da gravadora, Jay-Z. Quando ouviu "Pon de Replay", Jay-Z estava cético sobre o talento da pequena menina de Barbados no início, porque ele achava que a música era muito grande para ela, afirmando que "quando uma música é tão grande, é difícil [para um novo artista] para ter um bom retorno. Eu não assino músicas, eu assino artistas". A Def Jam foi a primeira gravadora a responder e a convidou para fazer um teste, onde ela cantou For the Love of You para Jay-Z e L.A. Reid da Island Def Jam Music Group.

O contrato foi assinado no mesmo dia e cancelou uma série de reuniões com outros rótulos. Depois de assinar com a Def Jam em fevereiro de 2005, ela se mudou para os Estados Unidos e foi morar com Rogers e sua esposa. Embora ela ainda pensa em si mesma como Robyn, ela escolheu seu nome do meio, como seu nome artístico porque, para ela, o nome de 'Rihanna' é apenas um nome artístico que começou em um estúdio de gravação em 2005.

Em 2007, prestes a lançar seu terceiro álbum de estúdio, ela adotou uma imagem mais rebelde durante a produção do álbum, acabou ficando com o cabelo preto, liso e bem curto. Ela mesmo comentou: "Eu quero manter as pessoas dançando, mas ainda com o R&B ao mesmo tempo [...] Você se sente diferente a cada álbum, e nesta fase eu sinto que eu quero fazer um monte de músicas agitadas".


Rihanna no red carpet posando com seu primeiro Grammy em 2008
Foto: (Reprodução/Twitter)

No Grammy Awards de 2008, Rihanna ganhou seu primeiro Grammy de Melhor Colaboração Rap/Sung, além de receber outras cinco indicações, incluindo Gravação do Ano, Melhor Gravação Dance, Melhor Performance R&B por um Duo ou Grupo e Melhor Música de R&B. Ela também ganhou Artista Favorita de Pop/Rock e Artista Favorita de Soul/R&B no mesmo ano no American Music Awards.

Em novembro de 2009, a cantora voltou aos holofotes com seu quarto álbum de estúdio, Rated R. A Rolling Stone publicou que "Rihanna tem transformado seu som e fez um dos melhores discos pop do ano".

Em 2011, durante a divulgação do seu quinto álbum de estúdio, Rihanna trouxe a Loud Tour para o Brasil, sendo a primeira vez que a cantora se encontrava no país do futebol. Em agosto de 2012, no MTV Video Music Awards, Rihanna estabeleceu um novo recorde na premiação: a única artista a ter vencido duas vezes o prêmio de Video do Ano - a primeira vez com Umbrella, em 2007 e depois, We Found Love, em 2012.

Em fevereiro de 2013, Rihanna apresentou sua primeira coleção de moda feminina de primavera na Semana de Moda de Londres para a marca de moda River Island, colaborando com seu personal stylist Adam Selman. Eles publicaram mais duas coleções para a marca, a edição de verão lançado em maio de 2013 e uma edição de outono lançado em setembro do mesmo ano. A quarta e última coleção, a edição de inverno foi lançado em novembro de 2013.


Rihanna posando no red carpet no American Music Awards 2013
Foto: (Reprodução/Twitter)

No American Music Awards de 2013, a cantora recebeu o primeiro prêmio Icon da premiação. Larry Klein, produtor do programa, comentou: "O prêmio Icon foi criado para homenagear uma artista cujo o trabalho fez uma profunda influência sobre a música pop em um nível global [...] som icônico e inovador que Rihanna lhe permitiu tornar-se uma das artistas mais influentes e mais vendidas de todos os tempos".

Um ano depois que Rihanna começou a trabalhar em seu oitavo álbum de estúdio, foi lançado o single FourFiveSeconds, em parceria com Kanye West e Paul McCartney, um dos poucos singles avulsos lançados na carreira da cantora. Dois outros singles seguiram seu lançamento: Bitch Better Have My Money e American Oxygen, sendo que ambas as faixas nem fez parte da lista final de músicas do oitavo álbum de estúdio, o ANTI.

Em 2016, Rihanna foi destaque em vários singles. A primeira parceria foi Famous, de Kanye West, onde a cantora forneceu vocais, mas não foi creditada. Pouco tempo depois, participou da faixa This Is The You You Came For de Calvin Harris, que foi um sucesso. Participou também de Too Good do rapper Drake e também em Nothing Is Promised, do rapper Mike Will Made It. Ainda sobrou tempo para participar da trilha sonora do filme Star Trek: Sem Fronteiras na faixa Sledgehammer.


Rihanna recebendo o Michael Jackson Video Vanguard Award no MTV VMA 2016
Foto: (Reprodução/Twitter)

Ainda em 2016, RiRi foi homenageada com o prêmio Michael Jackson Video Vanguard Award no MTV Video Music Awards daquele ano, realizando vários medley de suas canções de sucesso, como Umbrella, Where Have You Been, Diamonds e Stay.



CINEMA e TV

Em 2012, RiRi fez sua estreia nos cinemas interpretando a personagem Cora Raikes no filme Battleship: A Batalha dos Mares, dirigido por Peter BergRihanna escolheu esse projeto porque ela queria "fazer algo diferente" e também porque não era um papel muito grande para ela atuar, dando pra conciliar sua carreira na música também.

Pela sua pequena, mas importante atuação no filme É o Fim!, em abril de 2014, a barbadiana foi indicada pela primeira vez, ao MTV Movie Awards, a premiação voltada para o cinema, organizada e sediada pelo canal americano, MTV. Concorrendo com grandes nomes do cinema, como Robert DeNiro, Rihanna arrematou a estatueta pra casa. Sendo uma das primeiras cantoras a conseguir tal feito numa premiação voltada apenas para a indústria cinematográfica.

Rihanna em cenas da série Bates Motel.
Foto: (Reprodução/Pinterest)

Em 2017, Rihanna desempenhou um papel recorrente na pele da personagem Marion Crane na quinta e última temporada do Bates Motel. O episódio em questão recebeu elogios da crítica. No mesmo ano, RiRi também teve um papel importante em Valerian e na Cidade dos Mil Planetas, uma adaptação da série de quadrinhos Valérian e Laureline.

Em 2018, RiRi foi uma das protagonistas femininas do filme Oito Mulheres e Um Segredo, dirigido por Gary Ross. O filme faturou US$ 297 milhões em todo o mundo e se tornou um grande sucesso de bilheteria.



PERFUMES

A primeira fragrância de Rihanna, Reb'l Fleur, foi lançada em janeiro de 2011. O perfume foi bem-sucedido, de acordo com a Rolling Stone, lucrando mais de US$ 80 milhões até o final de 2011. No ano seguinte, a cantora lançou mais duas frangrâncias, o Rebelle e o Nude. A quarta fragrância feminina, o Rogue, foi lançado em 2013, seguido por uma versão masculina chamada Rogue Men, lançada no ano seguinte.



FENTY CORP (MODA)

FENTY BEAUTY: Em 2017, Rihanna lançou sua empresa de cosméticos, aclamada pela crítica, Fenty Beauty, sob parceria com a Kendo Brands da LVMH. A parceria foi avaliada em US$ 10 milhões. A primeira parcela da empresa foi lançada em setembro de 2017 em lojas online, disponível em mais de 150 países. Incluindo uma variedade de produtos para o rosto e pele com uma ampla gama de cores de pele. A revista TIME nomeou a Fenty Beauty como uma das "25 melhores invenções de 2017", citando a amplitude de seu alcance.

SAVAGE X FENTY: Em 2018, Rihanna lançou uma marca de lingerie chamada Savage X Fenty. A linha nasceu da visão da cantora em criar uma marca inclusiva. Os produtos são fornecidos em uma variedade de tons para combinar com todos os tons de pele e com diversos tamanhos. Ela apresentou a marca no New York Fashion Week em setembro de 2018. A marca foi bem avaliada pelo público por incluir modelos plus size em sua promoção, embora alguns fãs argumentassem que não havia tamanhos plus suficientes. Em setembro de 2019, foi promovida mais um desfile da marca novamente durante o New York Fashion Week, com aparições das modelos Alex Wek, Bella Hadid, Cara Delevingne, atriz Laverne Cox, a cantora Normani e o rapper 21 Savage.

Rihanna no evento de inauguração da marca FENTY em 2019
Foto: (Julien Hekimian/Getty Images)

FENTY: Esta é uma marca de moda da cantora, em parceria com o grupo LVMH, lançada em maio de 2019. Ela é a primeira mulher a conseguir isso. A marca foi lançada em uma loja pop-up em Paris, antes de ser lançada mundialmente on-line. Entre os itens, temos roupas em geral, acessórios como óculos de sol e calçados. É primeira linha sofisticada de acessórios lançada pela LVMH desde 1987. A marca foi descrita como inovadora e, em uma declaração, Rihanna disse que recebeu uma "oportunidade única de desenvolver uma casa de moda no setor de luxo, sem limites artísticos".



AGRESSÃO

No dia 08 de fevereiro de 2009, a performance programada no Grammy Awards de 2009 foi cancelada, devido a uma suposta briga com o então namorado, o cantor Chris Brown. O cantor agrediu Rihanna fisicamente em várias partes do rosto e do corpo. Horas depois, Brown foi preso. Quase um mês depois do ocorrido, o cantor foi acusado de agressão física e de fazer ameaças criminosas contra RiRi.

Rihanna e Chris Brown na noite do pré-Grammy. Mesma noite do episódio da agressão física.
Foto: (Reprodução/Getty Images)

Devido a uma fotografia que vazou do Departamento de Polícia de Los Angeles obtido pela TMZ.com, revelando que a cantora de 21 anos tinha sofrido lesões visíveis, de uma organização conhecida como STOParazzi, propôs uma lei chamada "Lei de Rihanna", que, se aprovada, vai "dissuadir os funcionários de agências de aplicação da lei de liberar fotos ou informações que explora vítimas da criminalidade". Após todo esse episódio e Rihanna ficando 'sumida' por boa parte do primeiro semestre de 2009, ela foi intimada para depor durante uma audiência preliminar em Los Angeles no dia 22 de junho. "O promotor me disse que Rihanna será intimada. Vou aceitar em seu nome", disse o advogado de RiRi, Donald Etra.

No mesmo dia, Brown se declarou culpado ao suposto crime. Em troca de sua confissão, o cantor recebeu cinco anos de liberdade condicional e foi condenado a ficar cinqüenta metros de distância de Rihanna, a não ser em eventos públicos, que, em seguida, serão reduzidos a dez metros. Além disso, o cantor também deveria cumprir serviços comunitários por dois anos.



CONQUISTAS e LEGADO

Rihanna é uma das artistas mais vendidas da história, tendo vendido mais de 250 milhões de discos em todo o mundo até setembro de 2018. Já recebeu vários prêmios ao longo de sua carreira, como 9 Grammy Awards, 12 Billboard Music Awards (BBMAs), 13 American Music Awards (AMAs), 8 People's Choice Awards (PCAs), entre outros.

Atualmente, ela detém seis recordes mundiais do Guinness Book. Nos Estados Unidos, a cantora vendeu mais de 10 milhões de álbuns, enquanto a Nielsen SoundScan a classificou como a artista digital mais vendida no país, quebrando um recorde mundial do Guinness por vendas únicas digitais de mais de 58 milhões de unidades nos EUA em 2012.

Em julho de 2015, a Associação da Indústria de Gravação da América (RIAA) anunciou que Rihanna havia ultrapassado a marca de 100 milhões de certificações de músicas, tanto de Ouro como de Platina, nos EUA. Sendo a primeira artista da história a conseguir tal feito. Confira a foto:


Em março de 2014, RiRi atingiu a marca de 18 milhões de singles e 6 milhões de álbuns no Reino Unido. Ela é a 10ª artista mais vendida do país, sendo a 2ª artista feminina, atrás apenas de Madonna.

A revista Time incluiu Rihanna em sua edição das 100 pessoas mais influentes do mundo em 2012 e 2018, com Stella McCartney escrevendo: "Ela é uma das mais legais, mais quentes, mais talentosas, mais queridas, mais ouvidas, mais seguidas, mais impressionantes artistas hoje em dia, mas ela faz isso tudo do seu jeito. Ela trabalha duro, muito duro. Ela dá aos seus fãs, amigos e fundações não apenas a si mesma, mas também a sua energia e espírito."

Em junho de 2014, a cantora recebeu do Conselho de Designers de Moda da América (CFDA), um prêmio especial reservado para "um ícone cujo estilo causou um impacto significativo na cultura popular internacionalmente". Em agosto do mesmo ano, a Billboard classificou RiRi como a décima maior artista da HOT 100 de todos os tempos, bem como a quinta maior artista feminina de todos os tempos na parada. A Billboard também classificou-a como a principal artista entre as 100 melhores artistas da década de 2010.

Rihanna tem um título honorário de embaixadora da cultura e da juventude em Barbados, sua terra natal. Em fevereiro de 2008, o ex-primeiro ministro de Barbados, David Thompson, lançou o "Dia da Rihanna", sendo um feriado nacional no país. Embora não seja um feriado bancário, os barbadenses comemoram todos os anos em homenagem a cantora. Dez anos depois, ela foi nomeada pelo governo de Barbados como Embaixadora Extraordinária e Plenipotenciária, com deveres especiais de promover "educação, turismo e investimento para a ilha".

Em fevereiro de 2017, RiRi foi homenageada pela Universidade de Harvard com o prêmio "Humanitário do Ano" pela Fundação Harvard.

A partir de 2019, a cantora se tornou a artista feminina mais rica do mundo, com um patrimônio líquido estimado em US$ 600 milhões (cerca de R$ 2,5 bilhões). Ela também foi listada entre as 100 mulheres mais poderosas da Forbes em 2019.



Postar um comentário