RIHWORK >> CLARA LIONEL FOUNDATION


Rihanna fundou a Clara Lionel Foundation (CLF) em 2012, em homenagem a seus avós, Clara e Lionel Braithwaite. Os programas incluem o Centro Clara Braithwaite de Oncologia e Medicina Nuclear no Hospital Queen Elizabeth em Barbados e programas de educação. A fundação foi criada para alcançar "além das fronteiras e lutar juntos por direitos básicos à educação e saúde". Hoje, a fundação apoia e financia programas inovadores e eficazes de educação e resposta a emergências em todo o mundo, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos jovens em todos os lugares.

Um dos pilares principais do trabalho da Clara Lionel Foundation é transformar a maneira como o mundo responde a desastres naturais. Através do seu trabalho de apoio aos esforços de socorro ao furacão Harvey, Irma e Maria, que juntos causaram US $ 380 bilhões em danos e mataram milhares de pessoas, ao ciclone Idai na África Oriental, o CLF viu os desafios com os atuais sistemas tradicionais de resposta a desastres.

Em setembro de 2016, a fundação fez parceria com a Global Partnership for Education e Global Citizen em uma iniciativa plurianual para apoiar a educação em todo o mundo. Com esse impulso, Rihanna esperava defender mais de um quarto de bilhão de crianças que não estão atualmente na escola, além de cerca de 330 milhões de estudantes que não estão aprendendo nas escolas em que estão. Como nova embaixadora global do GPE, RiRi visava atingir mais de 60 países em desenvolvimento, priorizando aqueles com mais necessidade, incluindo crianças em áreas de conflito e crise.

Em fevereiro de 2017, a Dior anunciou que faria parceria com a fundação. A Dior doou uma porcentagem da receita de cada camiseta "We Should All Be Feminists" - que ficou famosa na passarela da primavera daquele ano e pelas redes sociais de Rihanna - para a fundação. As camisetas foram disponibilizadas em todas as lojas da Dior em todo o mundo por 14 dias.

Em maio de 2017, foi anunciado que a cantora se uniria à Parsons School of Design, uma das principais escolas de arte e design do mundo, Donna Karan e sua Urban Zen Foundation, e artesãos haitianos para desenvolver uma linha de mercadorias.


Postar um comentário